quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Saudade


Você faz falta. Sempre soube que faria e a distância só serviu para confirmar. Tudo que eu olho me lembra você e minha mente percorre livremente as lembranças de nossos caminhos, fazendo-me, de certa forma, perder a autonomia de meus pensamentos, que insistem em te encontrar.
Os dias não passam quando você não está aqui. Sua ausência abala minha perspectiva de tempo, fazendo das horas intermináveis e prolongando a angústia de não te ter por perto. Sinto falta do seu cheiro, seu toque, sua companhia e todos os dias vou dormir imaginando seus braços ao meu redor por debaixo das cobertas.
Te amo mais do que conseguiria colocar em palavras e tento, a cada dia, te mostrar a real magnitude do que sinto, sabendo, entretanto, que nunca conseguirei, afinal, o infinito é inexpressável.
Acredito que tamanha saudade seja o sinal mais evidente da falta que você faz e a verdade é que preciso de você, preciso de nós. Aguardo ansiosamente seu retorno... nossa história só está começando e mal posso esperar pelo próximo capítulo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário